Conhecendo Melhor o Boldo

O boldo é uma planta muito usada em todo o mundo na medicina popular como remédio contra má digestão e doenças no fígado.
Apesar de ser uma planta mundialmente conhecida, é comum a confusão entre os vários seus tipos.
Entenda melhor:
Várias pessoas acreditam que tem em seu quintal o boldo-do-chile (Peumus boldus), no entanto essa planta é raríssima no Brasil.
Boldo do chile 
O que acontece é que em nosso país outras plantas também são chamadas de boldo, como exemplo Plectranthus barbatus (boldo-da-terra), e Plectranthus ornatus (boldo-miúdo), e o boldo-baiano (Vernonia condensata).
boldo do chile ou boldo verdadeiro
Boldo-do-chile ou boldo-verdadeiro (Peumus boldus) Planta originária do Chile é considerado uma árvore, pois quando adulta atinge de 12 a 15 metros de altura. Apresenta propriedades estomáquicas, diuréticas e hepáticas. Efeitos colaterais: pode ser abortivo e provocar hemorragias internas. Deve ser usado com cautela. No Brasil, é possível encontrar o boldo-do-chile normalmente importado e vendido em farmácias e casas de produtos naturais.

É Também antibacteriano, antifúngico, anti-inflamatório, antisséptica, antiespasmódica, estimulante, tônica e vermífuga, antioxidante, depurativo (daí dizerem que a planta emagrece) e sedativo. Além de tudo isto, ajuda a clarear o cabelo.

Melhora a digestão, beneficia o coração, protege, desintoxica e estimula o fígado, ajuda reduzir gases intestinais, evita a azia, estimula e fortalece a vesícula biliar, reduz a inflamação, mata parasita, aumenta o fluxo de urina, alivia a dor, além de dissolver gorduras. O ascaridol, substância presente também ajuda a combater os vermes intestinais.

Boldo da terra 
boldo da terra 
Boldo-da-terra, (Plectranthus barbatus) Arbusto originário da África, atinge de 1 a 2 metros de altura, apresenta folhas aveludadas e produz flores azuladas. Também conhecida como boldo-do-Brasil, boldo-de-jardim, boldo-silvestre, boldo-falso, tapete-de-oxalá.

Indicado como analgésico, estimulante da digestão e combate azias, o boldo brasileiro pode ser usado contra má digestão, dispepsias, mal-estar-gástrico, no controle da gastrite, na ressaca e como amargo estimulante da digestão e do apetite. A planta tem efeito hipossecretor gástrico, que diminui o volume do suco gástrico e sua acidez.

Também são indicados para diarreia, fadiga do fígado, distúrbios intestinais, hepatite, cólica e congestão do fígado, obstipação, inapetência, cálculos biliares, debilidade orgânica, insônia, ressaca alcoólica. Também se emprega a planta externamente no combate de piolhos.
Boldo miúdo, boldinho, boldo chinês
Boldo Miúdo (Plectranthus ornatus) Planta herbácea e vivaz, costuma medir de 30 a 40 cm de altura e é, em geral, muito resistente. Estimula o funcionamento do fígado e auxilia nos problemas digestivos. Também conhecida como boldo-rasteiro, boldo-chinês, boldinho.

É diurético e pode ser usado também para icterícia. Além disso, possui propriedades digestivas e é popularmente usado para tratamento de afecções do fígado.
Boldo baiano ou alumã

Boldo baiano ou alumã
Boldo-baiano (Vernonia condensata) Arbusto também originário da África chega a alcançar de 2 a 5 metros de altura e pode se quebrar facilmente com o vento. Conhecida como árvore-do-pinguço, fel-de-índio, assa-peixe ou alumã.

Apresenta efeito carminativa e alivia os sintomas de úlceras e gastrite.
Esta espécie apresenta benefícios no tratamento da azia, distúrbios gastrointestinais, controle da gastrite, dores de cabeça, diarreia e age como um antídoto para picadas de cobras, devido as suas propriedades medicinais.

É considerado um forte remédio para tratar a ressaca, além de estimular o apetite a auxiliar na digestão. Acredita-se que também ajuda no tratamento da anorexia, anemia, inflamações e problemas de bexiga.

As suas folhas são utilizadas pela medicina popular sob a forma de chás ou sucos, no tratamento da azia, da indisposição gástrica, no controle da gastrite, contra a ressaca e como um tônico amargo, estimulante da digestão e do apetite.

Como Utilizar

Ele pode ser utilizado em sucos ou sumo é muito eficaz no tratamento da gastrite, A cataplasma feita a partir de suas folhas é aplicada sobre furúnculos, entorses e inchaços dolorosos para alívio. Seu óleo essencial contém propriedades antialérgicas. A decocção feita a partir de suas folhas secas alivia dores de garganta, febres e auxilia no tratamento de infecções da boca e da malária.

Mais para aproveitar melhor a maioria das propriedades o ideal seria o uso chá de boldo.

Frequentemente ouvimos alguém dizer que uma determinada planta pode ser usada como remédio e que, por ser um produto natural, não possui contraindicações. Entretanto, isso não é bem verdade. Sabemos que diversas plantas possuem sim substâncias que podem fazer bem à nossa saúde, porém o uso em excesso ou a falta de conhecimento a respeito das características da planta, podem levar a sérios riscos. Então fiquem atentas também as contraindicações.

Autor:

Facebook Comentarios